sábado, 12 de dezembro de 2015

TESTE - VELA IRIDIUM + CABO IBOOSTER F1 #03

Para entender os resultados aconselho a leitura dos posts anteriores aqui e aqui.

Acabei demorando para fazer esse post, pois resolvi estender o tempo de testes. Como o cabo iBooster já estava na moto, continuei com ele durante um mês. Nesse período o uso foi sempre o mesmo, mesclando entre rodoviário e urbano.


Depois de um mês, retirei o iBooster e voltei com o cabo original. Como havia cortado ele, eu fiz a emenda com solda branca e isolei bem. Testei por mais um mês nessa configuração, também com o mesmo tipo de uso.


Os resultados finais foram muito parecidos nos dois testes.

-As melhorias na partida, torque e retomadas se mantiveram mas com uma pequena vantagem nas retomadas para o cabo iBooster;
-A velocidade final se manteve a mesma obtida anteriormente. Entre 130km/h e 133km/h e entre 132km/h e 135km/h para o cabo normal e iBooster respectivamente;
-O consumo apresentou uma melhora em relação às médias anteriores, mas foi identico nos dois testes. Ficou na casa dos 30km/l e nesse caso eu acho que melhorou devido manutenção e limpeza da ingeção, além da troca do filtro de ar.

Então a conclusão que temos é a seguinte. Esse cabo não trás nenhuma vantagem que justifique o seu investimento, já que o comportamento não moto foi praticamente o mesmo. Apesar de a melhoria nas retomadas ter sido algo que eu senti falta quando estava com o cabo normal, mesmo que isso tenha sido pouco perceptível, deu uma diferença.

A vela de iridium por sua vez tem sim uma boa relação custo x benefício quando o assunto é durabilidade, e o que faz a moto manter ou melhorar a sua autonomia é deixar ela bem regulada, limpa e utilizar combustível de qualidade.

Então, eu vou voltar o cabinho vermelho pra minha moto já que eu comprei mesmo, mas se você está na dúvida eu não aconselho. Espero que esses posts possam esclarecer algumas dúvidas.

Outra coisa que quero deixar bem claro é que em momento algum quero denigrir a imagem do fabricante. O que eu fiz foi apenas postar a minha opinião como usuário e o que eu percebi durante o uso do equipamento.

14 comentários:

  1. Parabéns pelo relato ! ótimo Blog !

    ResponderExcluir
  2. Meus parabens foi o único teste que realmente notei firmeza, pois os outros da a entender que foi um teste financiado pelo fabricante, então meus parabéns em nos mostrar a verdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Fábio.
      Conforme passei pro Max na resposta abaixo, na minha última ida ao mecânico o mesmo me orientou a retirar o cabo. Não agrega em nada e te dá problema.

      Excluir
  3. Então brother, li as três postagens e primeiramente quero lhe parabenizar pelos posts, ótimo trabalho e obrigado por postar sua opinião conosco.
    Minha dúvida e a seguinte... Eu comprei o kit vela Iridium e cabo ibooster, mas ainda não instalei, porém só vi seu posto depois que já tinha comprado, você acha que devo cortar o cabo como você fez e instalar já que já tenho ele... Ou deixo de lado e troco apenas a vela?

    ResponderExcluir
  4. Tudo bom meu camarada?
    Então, tem um bom tempo que não posto nada aqui no blog e sua pergunta me fez lembrar que tenho até que fazer um update nessa seria de postagens.
    Se qualquer pessoa me perguntar hoje se vale a pena comprar, (ou no seu caso) se vale a pena instalar eu digo que não. O cabo na prática não entrega o que promete e com o passar do tempo pode apresentar problemas como dificuldade na partida por entrada de água na bobina (essa parte branca dele), centelhamento (aconteceu comigo) o que pode provocar até um incêndio.
    Então, te aconselho a fazer apenas a troca da vela. Esse sim é um item com ótimo custo beneficio. Desde que fiz a troca quase três anos atrás não tive problema com a vela, a moto já vai virar 100 mil km e tá tinindo.
    Espero ter ajudado de alguma forma.
    Grande abraço e nos vemos na estrada!

    ResponderExcluir
  5. muito obrigado por compartilhar esses testes, realmente me ajudou bastante com minhas duvida, parabéns e muito obrigado dnv

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelos testes, já uso esse cabo há alguns anos (ele estava na minha tornado com vela de iridium). Comprei uma tenere ano passado e coloquei ele.
    Outro dia durante uma forte chuva fiquei na mão. como você já comentou, entrou água no cabo e a moto não pegou mais de jeito nenhum. Só descobrir isso depois de levar ela no mecânico (Que disse pra eu tirar ele da moto porque não melhora nada). Mesmo assim, Isolei todo ele com aquele macarrão (acho que o nome é esse) que é usado pra passar os fios da moto (chicote). Ficou bom, já peguei chuva e até agora não parou mais. Agora depois de ler o seu post, você cortar um pedaço do fio da bobina como você fez e continuar usando. Acho que a moto melhora muito nas retomadas.

    Forte abraço

    Carlinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlinhos, procura no último post do ano passado. Dei um parecer final sobre o cabo, com a mesma opinião do seu mecânico. É melhor tirar pois pode trazer problemas.
      Grande abraço!

      Excluir